Blog

A incomum da vez - episódio 2

Bem-vindos a mais um “A incomum da vez”, onde vamos discutir sobre uma criatura incomum não-lendária, que pode ser o seu novo comandante! O que esta criatura faz de tão especial,  quais são as opções dentro da identidade de cor, quais são as cartas recomendadas, tudo isso e muito mais você confere agora mesmo! E a carta incomum de hoje é SIPAIO ARCONEXO – ARCBOUND SHIKARI.

Quem é o ARCBOUND SHIKARI?
O Arcbound Shikari é uma criatura artefato nas cores vermelha e branca (o fato de ser branco será importante no futuro) com iniciativa, habilidade de modular 2 e a vantajosa habilidade de colocar marcadores +1/+1 nas suas criaturas quando ele entra em jogo. É uma criatura de custo baixo então não iremos nos preocupar de ter de conjurá-la algumas vezes se for necessário. Sua habilidade de iniciativa a faz de um excelente bloqueador, e sempre é possível colocar mais marcadores de outras criaturas com modular no comandante, reforçando a necessidade do bloqueio ou aumentando o ataque.

 

Apesar de estar em excelentes cores para proteções e Double strike, o deck de hoje não vai focar na estratégia Voltron. Em vez disso, trataremos de construir um deck com muita recursividade de criaturas, e de que cada combate irão realocar os marcadores em criaturas artefatos diferentes. Quando mais efeitos de blink conseguirmos utilizar, mais marcadores distribuiremos. Diferentemente de outros decks de marcadores, com o modular temos a chance de redistribuir marcadores que em outros decks seriam perdidos. Artefatos são especialmente resilientes, pois contam com muitas cartas que garantem tanto a volta do cemitério para a mão como também seus custos que costumam ser genérico, o que dificulta que ocorram começos de jogo em que não se tem os terrenos corretos para as jogadas.

Você vai gostar do deck se...
    • Gosta de marcadores +1/+1;
    • Gosta da mecânica modular;
    • Gosta de decks focados em criaturas;
    • Gosta de artefatos e cartas incolores;
    • Gosta de efeitos de exílio que voltam criaturas.

Talvez você não goste do deck se você...
    • Não gosta de marcadores +1/+1;
    • Não gosta de artefatos ou prefere cartas com mais cores;
    • Não gosta de decks focados em criaturas;
    • Prefere decks de encantamentos ou auras;
    • Não gosta da combinação vermelho + branco;


Montando um deck de marcadores
Quando o Arcbound shikari entra em jogo, ele vai colocar um marcador +1/+1 em cada outra criatura artefato que você controla, isso significa que se você conseguir fazer o Arcbound Shikari entrar em jogo muitas vezes, para cada vez que ele entrar seu time inteiro de criaturas artefatos irão ganham marcadores. Marcadores estes que não serão perdidos se uma delas morrerem, pois você terá muitas criaturas com modular para recebê-los.

 

A habilidade de modular torna o deck muito versátil quando sofre remoções, morte por combate ou destruições de artefato. Apesar de que o deck possui muitas formas de devolver artefatos para a mão vindos do cemitério, a remoção de artefato pelos oponentes será sempre abundante. Contudo, se você continuar sempre tendo uma ou outra criatura com modular, seus marcadores nunca serão perdidos.

Montando um deck combo
O principal combo que o deck se utiliza é da interação entre a habilidade persistir, a habilidade modular e a carta *Altar de Ashnod*. Uma criatura com modular entra em jogo com marcadores +1/+1 e devido a natureza do jogo, os marcadores +1/+1 são o oposto dos marcadores -1/-1, ou seja, quando uma criatura com marcadores positivos recebe um marcador negativo, estes marcadores se aniquilam e desaparecem na proporção 1 para 1.  Uma criatura com persistir ao morrer vai voltar ao campo de batalha, contudo se a mesma criatura tiver modular 2 ou mais, irá entrar em jogo com apenas marcadores positivos (+1/+1). Com isso podemos abusar efeitos de sacrifício e efeitos que ocorrem quando uma criatura entra em jogo.

 

Ao dar persistir a uma criatura branca com modular e com o Altar de Ashnod em jogo, você poderá sacrificar a mesma criatura infinitas vezes, colocando infinitos marcadores quiser em outras criaturas que você controle. A única restrição para que isso ocorra é a de que criatura precisa ser branca e ter alguma habilidade que coloque marcadores ao entrar em campo. Você sempre terá acesso ao seu comandante, mas em uma situação difícil também consegue estas condições ao jogar a carta “primeiro dia de aula”, que permite que durante este turno todas as criaturas que entrarem em jogo vão entrar com marcadores +1/+1.  Como temos muitas cartas diferentes que conseguem retornar artefatos do cemitério para mão ou do jogo para mão e todas as peças do combo são artefatos, nossa estratégia de combo para vitória é um caminho viável. Outra possibilidade é usar Ephemerate com a carta chamada Revolucionário, para sempre tem o efeito de reentrada de jogo do Sipaio.


Comandantes EDH tradicionais com estilos parecidos
O Sipaio Arconexo pode fazer muitas coisas, e talvez seja difícil de escolher uma delas para focar na construção do deck. Veja a seguir comandantes de EDH tradicional que possuem estratégias de jogo parecidas. Se você gosta de um deles ou já tem um montado, você já estará familiarizado com as táticas do deck!
Zabaz, the Glimmerwasp: O Arcbound Shikari é a versão Pauper EDH do deck da Zabaz, sem tirar nem por. Se você gosta e joga com Zabaz e quer conhecer o Pauper EDH, você já está no caminho certo para ter um excelente deck!
Gerrard, Weatherlight Hero: Gerrard é um deck boros voltado a sacrifícios e artefatos, onde o foco é a interação entre regras para otimizar efeitos de entrada e saída de jogo. Muitas cartas do deck do Gerrard são utilizadas no deck do Sipaio Arconexo.
Osgir, the Reconstructor: Osgir utiliza várias táticas de sacrifícios para multiplicar seus artefatos.  Com recursão garantida, Osgir abusa de efeitos de entrada em campo e se utiliza dos combos descritos no deck do Sipaio Arconexo.
Marchesa, the Black rose: Marchesa possui a habilidade peculiar de devolver criaturas com marcadores que morram no final do turno para o jogo. Uma estratégia muito explorada em decks com criaturas que já entram em jogo com marcadores, como por exemplo, criaturas com modular.

Deck construído no moxfield, clique aqui.